BRASIL: GRUPO DE JOVENS PREPARA BANDEIRA PARA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

Deixe um comentário

Uma imensa bandeira no meio da multidão contendo em seu centro a Cruz de Cristo. Essa é a idéia do grupo de jovens “Unidos no Amor de Cristo”, da Diocese Brasileira de Campinas, em São Paulo, que resolveu simbolizar de forma colorida e inusitada a sua participação na Jornada Mundial da Juventude 2011, em Madri, Na Espanha.
“Além da cruz a bandeira leva o nome e as mãos de todos os elementos do grupo estampadas como símbolo da união de todos.
Segundo um dos organizadores, o jovem Daniel Rocha, que participou da Jornada de Sidney no ano de 2008, “o grupo sentiu que deveria marcar a sua presença na JMJ Madrid 2011 de maneira especial, e que a melhor forma para que todos possam facilmente nos identificar, além de formar um ponto de encontro, quando estiverermos na Espanha seja uma bandeira estilizada, completa Rocha.

 

Fonte: http://www.radiovaticana.org

Anúncios

JOÃO PAULO II, PADROEIRO DE UMA EUROPA FINALMENTE UNIDA?

Deixe um comentário

Dom Dominique Mamberti

A embaixadora da Polônia na Santa Sé, Hanna Suchocka, expressou seu desejo de que o Beato João Paulo II se torne o padroeiro de uma Europa finalmente unida.

O secretário da Santa Sé para as Relações com os Estados, arcebispo Dominique Mamberti, presidiu nesta terça-feira, na Basílica de São Pedro, uma Missa pela Polônia e pelo futuro da Europa, na presença de embaixadores acreditados ante a Santa Sé.

A Eucaristia foi realizada por iniciativa da embaixadora polonesa na Santa Sé, informou a Rádio Vaticano. Seu país ocupa, desde 1º de julho, a presidência da União Europeia.

No final da Missa, o arcebispo Mamberti e os membros do corpo diplomático se detiveram junto ao túmulo do Beato João Paulo II.

Suchocka agradeceu aos participantes e expressou o desejo de que o Papa polonês possa ser considerado por todos como o “padroeiro de uma Europa unida e capaz de respirar plenamente por ambos os pulmões”.

Por sua parte, o arcebispo Mamberti lembrou, em sua homilia, da urgência da “conversão”, de um retorno aos valores de solidariedade e fraternidade na Europa. Lançou um “alerta contra a perda das raízes europeias” e “um convite à conversão”.

“Cegos pelo progresso e pelo bem-estar, os homens de hoje estão interessados ​​apenas em coisas materiais e se esquecem de Deus, ou vivem como se Ele não existisse”, lamentou.

Entre outras coisas, Dom Mamberti recomendou inspirar-se no exemplo de São Bento, padroeiro da Europa.

No dia seguinte à festa de São Bento, a quem o Papa mencionou no Ângelus do domingo, Dom Mamberti exortou o “Velho Continente” a “encontrar em sua cultura e em suas raízes a força necessária para um renascimento espiritual e humanista”.

“No dia do Juízo Final – disse Dom Mamberti –, teremos de prestar contas não só dos pecados cometidos, mas também das graças recebidas que não fizemos frutificar.”

Fonte: http://www.zenit.org

Dom Damasceno: “Mensagem que anunciamos deve iluminar a vida do povo”

Deixe um comentário

O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e arcebispo de Aparecida (SP), cardeal Raymundo Damasceno Assis, destacou, nesta quinta-feira, 14, que a mensagem do Evangelho deve iluminar a vida do povo. Ele presidiu a missa do Seminário de Comunicação para os Bispos do Brasil (SECOBB), que acontece no Rio desde terça-feira, 12.

Dom Damasceno, em sua homilia, comentando a leitura do Êxodo, que narra o envio de Moisés para libertar o povo da escravidão no Egito, lembrou a necessidade de que, a mensagem anunciada pela Igreja, responda às necessidades concretas do povo de Deus.

“Enviado, Moisés leva uma mensagem que responde a uma necessidade concreta do povo e deve despertar em seu coração a paixão e a esperança de vida nova, que significa a libertação da opressão de que é vítima, prefiguração da libertação do pecado trazida por Cristo com sua morte e Ressurreição”, disse o cardeal. “Da mesma forma, a mensagem que anunciamos deve iluminar a vida do povo, responder às suas necessidades, anseios e esperanças, sempre fiel ao Evangelho”, completou.

Fonte: http://www.cnbb.org.br

Evangelho – Mt 11,28-30

Deixe um comentário

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus
Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e disse:
Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso.
Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso.
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.
Palavra da Salvação.

São Camilo de Léllis

Deixe um comentário

Nasceu no ano de 1550 na Itália. Filho de pai militar, também seguiu essa carreira, mas não pode prosseguir devido a um tumor em um dos pés. Recorreu ao hospital de São Tiago em Roma, onde viveu sua compaixão pelos outros doentes.
Porém, ele deu um ‘sim’ ao pecado, entregando-se ao vício do jogo, onde perdeu tudo e ficou na miséria total. Saiu do hospital devido o seu temperamento. Foi de hospital em hospital para cuidar de sua ferida, até bater na porta dos franciscanos capuchinhos e ali quis trabalhar na obra de Deus.
Com 25 anos começou o seu processo de conversão. No hospital em Roma, Deus suscitou nele a santidade de ver nos doentes a pessoa de Cristo e também o carisma dos ‘Camilianos’. Camilo também viveu uma bela amizade com São Felipe Néri.
Entrou para os estudos, foi ordenado sacerdote, e vendo a realidade dos peregrinos de Roma, que não tinham uma assistência médica digna, foi brotando nele o carisma de servir a Cristo na pessoa do doente, do peregrino. E muitos se juntaram a ele nessa obra. Em cada sofredor está a presença do Crucificado.
São Camilo partiu para o céu em 1614.

São Camilo de Léllis, rogai por nós!