Porta-voz do Vaticano comenta supostas espionagens dos EUA

Deixe um comentário

01O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi, comentou nesta quarta-feira, 30, as supostas espionagens da Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA) ao Vaticano e ao Papa.
“Não temos nenhuma informação a esse respeito e, de qualquer maneira, isso não nos preocupa”, afirmou o porta-voz do Vaticano, diante da publicação de uma revista italiana.
A publicação disse ainda que a ANS teria espionado 46 milhões de telefonemas na Itália durante o período entre 10 de dezembro de 2012 e 8 de janeiro de 2013, dentre os quais, telefonemas ao Vaticano e a partir do Vaticano.
A revista também suspeita que ligações do cardeal Jorge Mario Bergoglio também foram espionadas, no período em que estava hospedado na Domus Internationalis Paulo VI, em Roma.

Fonte: http://www.cancaonova.com

Anúncios

Audiência Geral: “Comunhão dos Santos”

Deixe um comentário

01O Santo Padre encontrou-se, esta manhã, na Praça São Pedro, com os peregrinos e fiéis, de várias partes do mundo, para a habitual Audiência Geral de quarta-feira.
Entre os presentes encontrava-se uma delegação de superintendência do Iraque, com representantes de diversos grupos religiosos, que constituem a riqueza daquele país. A delegação estava acompanhada pelo Cardeal Jean Louis Tauran, Presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso. A propósito o Papa fez um apelo:
“Convido todos a rezar pela nação iraquiana, infelizmente atingida, diariamente, pelos trágicos episódios de violência, para que encontre o caminho da reconciliação, da paz, da unidade e da estabilidade”.
A seguir, o Santo Padre passou a refletir, em sua catequese semanal, sobre uma das realidades mais bonitas da nossa fé: a “comunhão dos Santos”. O Catecismo da Igreja Católica nos recorda que, com esta expressão, se entendem duas realidades: a comunhão com as coisas santas e a comunhão entre as pessoas santas.
Hoje, o Bispo de Roma deteve-se, de modo particular, sobre a segunda realidade. Trata-se de uma verdade entre as mais consoladoras da nossa fé, porque nos recorda que não estamos sozinhos, mas que há uma comunhão de vida entre todos aqueles que pertencem a Cristo. Esta é uma comunhão que nasce da fé.
Mas, quem são os santos? O termo “santo” refere-se aos que acreditam no Senhor Jesus e são incorporados a Ele, na Igreja, mediante o Batismo.
O evangelho de João, explicou o Papa, atesta que, antes da Paixão, Jesus rezou ao Pai pela comunhão entre os discípulos, da seguinte maneira: “Para que todos sejam um como tu, Pai, estás em mim e eu em ti e para que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste”. E acrescentou:
“A Igreja, na sua verdade mais profunda, é comunhão com Deus, comunhão de amor com Cristo e com o Pai no Espírito Santo, que se prolonga em uma comunhão fraterna. Esta relação entre Jesus e o Pai é a ‘matriz’ do elo de união entre os cristãos: se estivermos intimamente inseridos nesta ‘matriz’, nesta fornalha ardente de amor, que é a Trindade”.
Somente assim, disse o Santo Padre, podemos tornar-nos um só coração e uma só alma entre nós, porque o amor de Deus consome os nossos egoísmos, os nossos preconceitos, as nossas divisões interiores e exteriores.
Logo, se existe este enraizamento na fonte do amor, que é Deus, então se verifica um movimento recíproco dos irmãos a Deus: a experiência da comunhão fraterna nos conduz à comunhão com Deus. Eis o segundo aspecto da comunhão dos santos que o Papa quis evidenciar, sobretudo nos momentos difíceis.
Com efeito, quanto é belo ajudar-nos uns aos outros na aventura maravilhosa da fé! No entanto, nos momentos difíceis, precisamos confiar na ajuda de Deus, por meio da oração filial e da humildade em abrir-se aos outros. Na comunhão dos santos, somos uma grande família, onde todos os componentes se ajudam e se sustentam uns aos outros. Aqui, o Pontífice passou a outro aspecto:
“A comunhão do santos vai além da vida terrena, vai além da morte e dura para sempre. A comunhão espiritual, que nasce do Batismo, não é interrompida pela morte, mas, graças à Ressurreição de Cristo, encontra a sua plenitude na vida eterna”.
Há uma união profunda e indissolúvel entre os vivos e os mortos. Esta ligação entre o céu e a terra se realiza especialmente na oração de intercessão, uma das mais altas formas de solidariedade; é também a base da celebração de Todos os Santos e dos fiéis Defuntos, que se realiza nos próximos dias.
O Santo Padre concluiu sua catequese semanal exortando os fiéis a redescobrirem a beleza da fé na Comunhão dos Santos! Trata-se de uma realidade que envolve os peregrinos na terra, na qual, com a graça de Deus, viveremos para sempre.
Ao término da audiência geral, o Papa cumprimentou os numerosos grupos presentes na Praça São Pedro, cerca de 50 mil pessoas, entre os quais de língua portuguesa. Eis a sua saudação, acompanhada de sua Bênção Apostólica:
“Queridos peregrinos de Portugal, de Timor Leste e do Brasil: sejam bem-vindos! Daqui a alguns dias, celebraremos a solenidade de Todos os Santos e a comemoração dos Fiéis Defuntos. Possa a fé na comunhão dos santos lhes animar a encomendar a Deus, sobretudo na Eucaristia, seus familiares, amigos e conhecidos falecidos, sentindo a proximidade deles na grande companhia espiritual da Igreja. Que Deus os abençoe!”.

Fonte: http://www.radiovaticana.va

Fátima: Exposição Ser, o segredo do Coração termina amanhã

Deixe um comentário

01Encerra amanhã, 31 de outubro, no Santuário de Fátima, a exposição temporária “Ser, o segredo do Coração”, patente na zona da Reconciliação da Basílica da Santíssima Trindade e relativa ao 3.º ano da celebração do Centenário das Aparições de Fátima.
No mesmo local, daqui a um mês, a 30 de novembro, no dia da jornada de abertura do novo ano pastoral, será inaugurada uma nova exposição. Intitular-se-á “Segredo e Revelação” e, de entre as peças de maior valor simbólico, exporá o manuscrito da Terceira Parte do Segredo de Fátima, trazido do Vaticano e nunca antes exposto ao público.
O anúncio é feito pelo diretor do Museu do Santuário de Fátima e comissário da exposição, Marco Daniel Duarte: “Entre o espólio que integrará os núcleos, estará o manuscrito da Terceira Parte do Segredo de Fátima, revelado em 13 de maio de 2000”.
“Considerando ser uma das peças fundamentais para o discurso museológico da exposição que tratará as três partes do Segredo de Fátima, o Santuário pediu à Santa Sé que ponderasse o seu empréstimo. O pedido, feito por D. António Marto, foi autorizado pelo Papa Francisco em 10 de junho de 2013”, revela Marco Daniel Duarte.
O manuscrito pertence ao Arquivo Secreto da Congregação para a Doutrina da Fé, onde deu entrada em 4 de abril de 1957. Em declarações à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima, Marco Daniel recorda que “omanuscrito saiu raríssimas vezes do Arquivo Secreto da Congregação para a Doutrina da Fé: a pedido do Papa João Paulo II, na sequência do atentado de que foi vítima em 13 de maio de 1981, e no ano 2000 quando o prefeito da Congregação, como emissário do Papa, veio a Coimbra junto de Lúcia para reconhecimento do manuscrito”.
A propósito desta mostra que em breve encerra portas, Marco Daniel Duarte destaca que de “entre as peças de maior valia simbólica, encontra-se a escultura do Imaculado Coração de Maria, concebida por José Ferreira Thedim segundo as indicações da vidente Lúcia, que pela primeira vez saiu do Carmelo de Santa Teresa de Coimbra para onde foi esculpida em 1948”.
Pela primeira vez, estão expostos os manuscritos originais das Memórias da Irmã Lúcia, abertos nos fólios referentes à aparição de junho de 1917. Para quem por estres dias não tem possibilidade de se deslocar a Fátima, recorde-se que, desde o mês de agosto, a exposição “Ser, o Segredo do Coração” pode ser visitada, a partir de qualquer parte do mundo e nas sete línguas oficiais do Santuário de Fátima, através da ligação à Internet, no endereçohttp://serosegredodocoracao.fatima.pt/.

Fonte: http://www.zenit.org

Papa pede ao Conselho Mundial de Igrejas que apoie missão da família

Deixe um comentário

01O papa Francisco enviou mensagem ao presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, cardeal Kurt Koch, por ocasião da Assembleia Geral do Conselho Ecumênico Mundial das Igrejas (CMI), que tem início hoje, 30, e prossegue até 8 de novembro, em Busan, Coréia do Sul.
Na mensagem, o papa Francisco manifesta o desejo de que a Assembleia ajude a consolidar o compromisso de todos os seguidores de Cristo na intensificação da oração e colaboração a serviço do Evangelho e do bem integral da família. “Que se apoie a missão da família como um pilar fundamental da sociedade, que se assegure educação integral aos jovens e que seja garantido a todos o livre exercício da liberdade religiosa”, disse.
A Assembleia, que este ano aborda o tema “Deus da vida, conduze-os à justiça e à paz”, é considerada o órgão de gestão mais importante do Conselho Ecumênico e acontece a cada sete anos. Embora a Igreja Católica não seja membro deste organismo, uma delegação a representará e participará do evento como observadora.
A Igreja Católica tem colaborado com o CMI, por meio da Comissão Fé e Constituição, na busca teológica sobre as principais questões que ainda dividem os cristãos no campo da eclesiologia. Além disso, participa do Grupo Misto de trabalho, responsável pelas diferentes atividades e iniciativas comuns.
O Conselho Mundial de Igrejas foi fundado em 1948, em Amsterdã. A Assembleia do CMI reúne cerca de três mil líderes eclesiásticos, membros das igrejas e associados ecumênicos de quase todas as tradições cristãs do mundo. Esta é a décima edição do evento. A última Assembleia aconteceu em Porto Alegre (RS), em 2006.

Fonte: http://www.blogdacnbb.com

Evangelho – Lc 13,31-35

Deixe um comentário

Evangelho+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 13,31-35
Naquela hora, alguns fariseus aproximaram-se e disseram a Jesus: ‘Tu deves ir embora daqui, porque Herodes quer te matar.’ Jesus disse: ‘Ide dizer a essa raposa: eu expulso demônios e faço curas hoje e amanhã; e no terceiro dia terminarei o meu trabalho. Entretanto, preciso caminhar hoje, amanhã e depois de amanhã, porque não convém que um profeta morra fora de Jerusalém. Jerusalém, Jerusalém! Tu que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes eu quis reunir teus filhos, como a galinha reúne os pintainhos debaixo das asas, mas tu não quiseste! Eis que vossa casa ficará abandonada. Eu vos digo: não me vereis mais, até que chegue o tempo em que vós mesmos direis: Bendito aquele que vem em nome do Senhor.’
Palavra da Salvação.

Santo Afonso Rodrigues

Deixe um comentário

Santo do diaDiante da “galeria” de santos da Companhia de Jesus, voltamos o nosso olhar, talvez, para o mais simples e humilde dos Irmãos: Santo Afonso Rodrigues. Natural de Segóvia na Espanha, veio à luz aos 25 de julho de 1532.
Pertencente a uma família cristã, teve que interromper seus estudos no primário, pois com a morte do pai, assumiu os compromissos com o comércio. Casou-se com Maria Soares que amou tanto quanto os dois filhos, infelizmente todos, com o tempo, faleceram. Ao entrar em crise espiritual, Afonso entrega-se à oração, à penitência e dirigido por um sacerdote, descobriu o seu chamado a ser Irmão religioso e assim, assumiu grandes dificuldades como a limitação dos estudos. Vencendo tudo em Deus, Afonso foi recebido na Companhia de Jesus como Irmão e depois do noviciado foi enviado para o colégio de formação.
No colégio, desempenhou os ofícios de porteiro e a todos prestava vários serviços, e dentre as virtudes heróicas que conquistou na graça e querendo ser firme na fé, foi a obediência sua prova de verdadeira humildade. Santo Afonso sabia ser simples Irmão pois aceitava com amor toda ordem e desejo dos superiores, como expressão da vontade de Deus.
Tinha como regra: “Agradar somente a Deus, cumprir sempre e em toda parte a Vontade Divina”. Este santo encantador, com sua espiritualidade ajudou a muitos, principalmente São Pedro Claver quanto ao futuro apostolado na Colômbia. Místico de muitos carismas, Santo Afonso Rodrigues, sofreu muito antes de morrer em 31 de outubro de 1617.

Santo Afonso Rodrigues, rogai por nós!

Programa Paz e Bem

Deixe um comentário

Ouça aqui o programa Paz e Bem que foi ao ar pela Rádio Conceição Fm 105,9 no dia 29 de Outubro de 2013.

 

Older Entries