SECRETARIA DA SAÚDE DE SP E IGREJA CATÓLICA SE UNEM NO COMBATE À HANSENÍASE

Deixe um comentário

São Paulo, 30 out (RV) – A Secretaria da Saúde do estado de São Paulo firmou uma parceria inédita com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), para conscientizar a população sobre os riscos da hanseníase, durante a campanha estadual de combate à doença que se realiza até este domingo, 31, em todo o estado.

Todas as duas mil e 800 paróquias vinculadas às 247 dioceses e arquidioceses de São Paulo receberam 450 mil panfletos, contendo material informativo sobre a hanseníase, para serem distribuídos durante as missas e encontros. A intenção do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da Secretaria é diversificar cada vez mais o público atingido.

“No ano passado, firmamos uma parceria com a Secretaria da Educação e falamos para crianças de cinco mil escolas estaduais. Desta vez, nosso alvo são os adultos que têm voz ativa dentro da família. Assim, atingimos um público cada vez mais heterogêneo” – explicou a coordenadora do Programa Estadual de Combate à Hanseníase, Mary Lise Marzliak.

O número de casos da doença diminuiu em 2008 e 2009: dos 2.022 casos detectados em 2008, passamos para 1.843, no ano passado. Uma atenção especial, no entanto, se faz necessária, em razão da ocorrência de casos entre menores de 15 anos: só em 2009, foram registrados 89 casos.

“Como a hanseníase não é uma doença infantil, esse fato mostra que há adultos não tratados em casa, o que faz com que nos mantenhamos alertas” – afirmou Mary Lise Marzliak.

Nos panfletos, a população tem acesso a informações básicas, como, por exemplo, suspeitar de manchas esbranquiçadas ou avermelhadas e com pouca sensibilidade. Elas podem ser um sinal de hanseníase.

O diagnóstico precoce pode evitar, por exemplo, limitações físicas nos pacientes. O tratamento oferecido pelo estado é completo, gratuito e tem a duração de seis meses a um ano. (AF)

 

Fonte: Radio Vaticano

Evangelho – Lc 19,1-10

Deixe um comentário

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 19,1-10

Naquele tempo: Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. Havia ali um homem chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos e muito rico. Zaqueu procurava ver quem era Jesus, mas não conseguia, por causa da multidão, pois era muito baixo. Então ele correu à frente e subiu numa figueira para ver Jesus, que devia passar por ali. Quando Jesus chegou ao lugar,
olhou para cima e disse: “Zaqueu, desce depressa! Hoje eu devo ficar na tua casa.” Ele desceu depressa, e recebeu Jesus com alegria.
Ao ver isso, todos começaram a murmurar, dizendo: “Ele foi hospedar-se na casa de um pecador!” Zaqueu ficou de pé, e disse ao Senhor: “Senhor, eu dou a metade dos meus bens aos pobres, e se defraudei alguém, vou devolver quatro vezes mais.” Jesus lhe disse:
“Hoje a salvação entrou nesta casa, porque também este homem é um filho de Abraão. Com efeito, o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido.”
Palavra da Salvação.

 

Santo Afonso Rodrigues

Deixe um comentário

Diante da “galeria” de santos da Companhia de Jesus, voltamos o nosso olhar, talvez, para o mais simples e humilde dos Irmãos: Santo Afonso Rodrigues. Natural de Segóvia na Espanha, veio à luz aos 25 de julho de 1532.

Pertencente a uma família cristã, teve que interromper seus estudos no primário, pois com a morte do pai, assumiu os compromissos com o comércio. Casou-se com Maria Soares que amou tanto quanto os dois filhos, infelizmente todos, com o tempo, faleceram. Ao entrar em crise espiritual, Afonso entrega-se à oração, à penitência e dirigido por um sacerdote, descobriu o seu chamado a ser Irmão religioso e assim, assumiu grandes dificuldades como a limitação dos estudos. Vencendo tudo em Deus, Afonso foi recebido na Companhia de Jesus como Irmão e depois do noviciado foi enviado para o colégio de formação.

No colégio, desempenhou os ofícios de porteiro e a todos prestava vários serviços, e dentre as virtudes heróicas que conquistou na graça e querendo ser firme na fé, foi a obediência sua prova de verdadeira humildade. Santo Afonso sabia ser simples Irmão pois aceitava com amor toda ordem e desejo dos superiores, como expressão da vontade de Deus.

Tinha como regra: “Agradar somente a Deus, cumprir sempre e em toda parte a Vontade Divina”. Este santo encantador, com sua espiritualidade ajudou a muitos, principalmente São Pedro Claver quanto ao futuro apostolado na Colômbia. Místico de muitos carismas, Santo Afonso Rodrigues, sofreu muito antes de morrer em 31 de outubro de 1617.

Santo Afonso Rodrigues, rogai por nós!

REGIONAL SUL 2 DA CNBB ESTARÁ EM ROMA NA PRÓXIMA SEMANA

Deixe um comentário

Cidade do Vaticano, 30 out (RV) – Os bispos do Regional Sul 2 da CNBB (Paraná) estarão em Roma entre os dias 4 e 13 de novembro para a sua visita “ad limina”. A visita “ad limina apostolorum” realiza-se a cada 5 anos, durante a qual se encontram com o Papa, com responsáveis pelos organismos da Cúria Roma e rezam diante dos túmulos dos apóstolos São Pedro e São Paulo.

Durante o encontro com o Papa, os bispos apresentam um relatório sobre o estado pastoral das suas dioceses e ouvem a apreciação e os conselhos do Santo Padre.

O Regional Sul 2 é o penúltimo dos 17 regionais da CNBB a realizar a visita. O último será o Centro-Oeste. Participarão 23 bispos, 21 do Paraná e dois de São Paulo. (SP)

 

Fonte: Radio Vaticano

Evangelho – Lc 14,1.7-11

Deixe um comentário

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas
Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então contou-lhes uma parábola: “Quando tu fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu, e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: “Dá o lugar a ele”. Então tu ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar. Mas, quando tu fores convidado, vai sentar-te no último lugar. Assim, quando chegar quem te convidou, te dirá: “Amigo, vem mais para cima”.
E isto vai ser uma honra para ti diante de todos os convidados. Porque quem se eleva, será humilhado e quem se humilha, será elevado.”
Palavra da Salvação.

São Frumêncio

Deixe um comentário

A história do santo de hoje se entrelaça com a conversão de uma multidão de africanos ao amor de Cristo e à Salvação. São Frumêncio nasceu em Liro da Fenícia. Quando menino, juntamente com o irmão Edésio, acompanhava um filósofo de nome Merópio, numa viagem em direção às Índias. A embarcação, cruzando o Mar Vermelho, foi assaltada e só foram poupados da morte os dois jovens, Frumêncio e Edésio, que foram levados escravos para Aksum (Etiópia) a serviço da Corte.

Deste mal humano, Deus tirou um bem, pois ao terem ganhado o coração do rei Ezana com a inteligência e espírito de serviço, fizeram de tudo para ganhar o coração da África para o Senhor. Os irmãos de ótima educação cristã, começaram a proteger os mercadores cristãos de passagem pela região e, com a permissão de construírem uma igrejinha, começaram a evangelizar o povo. Passados quase vinte anos, puderam voltar à pátria e visitar os parentes: Edésio foi para Liro e Frumêncio caminhou para partilhar com o Patriarca de Alexandria, Santo Atanásio, as maravilhas do Ressuscitado na Etiópia e também sobre a necessidade de sacerdotes e um Bispo. Santo Atanásio admirado com os relatos, sabiamente revestiu Frumêncio com o Poder Sacerdotal e nomeou-o Bispo sobre toda a Etiópia, isto em 350.

Quando voltou, Frumêncio foi acolhido com alegria como o “Padre portador da Paz”. Continuou a pregação do Evangelho no Poder do Espírito, ao ponto de converterem o rei Ezana, a rainha, e um grande número de indígenas, isto pelo sim dos jovens irmãos e pela perseverança de Frumêncio. Quase toda a Etiópia passou a dobrar os joelhos diante do nome que está acima de todo o nome: Jesus Cristo.

São Frumêncio, rogai por nós!

100 MIL JOVENS ENCONTRAM-SE COM O PAPA NA PRAÇA SÃO PEDRO

Deixe um comentário

Cidade do Vaticano, 29 out (RV) – “Existe mais: cresçamos juntos” é o tema do encontro nacional dos jovens da Ação Católica, que terá seu momento culminante neste sábado, na Praça São Pedro, com o encontro com Bento XVI. De lá prosseguirão para dois momentos de festa e testemunho em outros dois lugares de Roma: Piazza di Siena e Piazza del Popolo.

Serão 100 mil jovens, provenientes de toda a Itália, que terão a oportunidade de dialogar com o Santo Padre. Acompanhando-os estarão 10 mil educadores, 500 sacerdotes assistentes e 50 bispos. Sete outros países são convidados a participar do evento: Rússia, Romênia, Argentina, Burundi, Terra Santa e Espanha.

Para o assistente da Ação Católica para os Jovens, Pe. Dino Pirri, “essa escolha do Papa, de dialogar com os jovens e responder às suas perguntas, indica que também as crianças e os adolescentes podem ser protagonistas do próprio caminho, das próprias escolhas, e podem dar testemunho de fé autêntica – o que sabem fazer também ao mundo dos adultos”.

Ao centro do encontro, está o desafio da educação das crianças e adolescentes, assunto levantado diversas vezes pelo próprio Papa.

Antes do encontro com Bento XVI, está prevista uma manhã de orações, cantos e testemunho. (ED)

 

Fonte: Radio Vaticano

Older Entries