Comissão de Liturgia reúne-se na sede da CNBB

Deixe um comentário

A nova composição da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia faz sua primeira reunião na sede nacional da CNBB, em Brasília, nesta quinta-feira, 29, até sexta-feira, 30. É o primeiro encontro após a 49ª Assembleia Geral da Conferência, que aconteceu em maio, em Aparecida (SP).
Participam o novo presidente da Comissão, o Bispo de Livramento de Nossa Senhora (BA), Dom Armando Bucciol, e os membros: Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Paulo (SP), Dom Edmar Peron, e o Bispo de Crato (CE), Dom Fernando Panico. Além deles, estão presentes também os três assessores da Comissão: para o Setor para a Música Litúrgica, padre José Carlos Sala; para o Setor de Arte Sacra, João Martins; e para a Comissão para a Liturgia, padre Arnaldo Pinto.
Durante a reunião, deverá ser produzida a primeira programação do quadriênio (2011-2015), bem como avaliados os projetos da Comissão a partir das novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE).

Fonte: http://www.cancaonova.com

EM OUTUBRO PAPA DIRECIONA ORAÇÕES AOS DOENTES TERMINAIS

Deixe um comentário

Bento XVI

A partir deste sábado, Bento XVI convida todos os católicos que recebem a intenção de oração no mês de outubro.a rezarem pelos doentes terminais.
A cada mês, o Papa dedica duas intenções, uma geral e outra missionária. Para a geral, o Santo Padre volta o seu pensamento “para os doentes terminais, porque no sofrimento deles somos sustentados pela fé em Deus e do amor dos irmãos”.
Já a intenção missionária será “para que a celebração da Jornada Missionária Mundial faça crescer no Povo de Deus a paixão pela evangelização e dê suporte a atividade missionária com a oração além de ajuda econômica às Igrejas mais pobres”.

Fonte: http://www.radiovaticana.org

CONGREGAÇÃO PARA CULTO DIVINO SE DEDICARÁ EXCLUSIVAMENTE À LITURGIA

Deixe um comentário

Bento XVI estabeleceu a transferência das causas de dispensa do Matrimônio confirmado, mas não consumado, e das declarações de nulidade da sagrada Ordem ao Tribunal da Rota Romana, de maneira que a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos se ocupará exclusivamente da liturgia.

A transferência foi feita por meio da carta apostólica em forma de Motu Proprio Quaerit semper, publicada nesta terça-feira, com data de 30 de agosto, que modifica a constituição apostólica Pastor bonus.

Na carta, Bento XVI explica que “a Santa Sé, desde sempre, procurou adaptar a própria estrutura de governo às necessidades pastorais que, em cada período histórico, surgiram na vida da Igreja, alterando, por isso, a organização e as competências dos dicastérios da Cúria Romana”.

“Nas atuais circunstâncias – observa –, tornou-se conveniente que a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos se dedique principalmente a dar um novo impulso à promoção da Sagrada Liturgia na Igreja, segundo o renovamento desejado pelo Concílio Vaticano II a partir da Constituição Sacrosanctum Concilium.”

“Achei, portanto, ser oportuno transferir para um novo Departamento, constituído no Tribunal da Rota Romana, a competência para tratar os processos para a concessão da dispensa do Matrimônio rato e não consumado e as causas de nulidade da Ordem sacra”, prossegue.

Dessa maneira, o Papa liberou aCongregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentosde tarefas jurídicas e esta se dedicará exclusivamente à liturgia. As novas normas entrarão em vigor no próximo dia 1º de outubro.

Segundo o decano da Rota Romana, Dom Antoni Stankiewicz, estas novas normas adotadas por Bento XVI no âmbito jurídico e técnico, referentes ao matrimônio e à ordenação sacerdotal, representam uma “inovação normativa de importância histórica no interior da Cúria Romana”.

Fonte: http://www.zenit.org

Animadores Vocacionais estudam novas mídias digitais

Deixe um comentário

Agentes do Serviço de Animação Vocacional de congregações e dioceses da região Interleste do Regional Sul 3 da CNBB (Rio Grande do Sul) se reuniram, na última terça-feira, dia 27, para refletir sobre a evangelização nas redes sociais.

O encontro foi realizado no seminário São José, em Gravataí (RS), e contou com a participação de, aproximadamente, 30 pessoas, entre padres, religiosos, religiosas e leigos das dioceses de Caxias do Sul, Montenegro, Novo Hamburgo, Osório e Porto Alegre.

Após a recepção e a oração inicial, a equipe da Pastoral da Comunicação (Pascom) da Arquidiocese de Porto Alegre conduziu o estudo sobre a utilização da internet, sobretudo as redes sociais, no trabalho de animação vocacional e de evangelização como um todo.

O coordenador da Pascom, padre Cesar Leandro Padilha, destacou que a Igreja vê com bons olhos as novas tecnologias. O jornalista da arquidiocese, Magnus Regis, enfatizou ainda que a internet  é um espaço onde Deus pode e deve ser vivenciado, com o cuidado de não esquecermos a vida comunitária.

Após a formação, o grupo teve um almoço de confraternização e algumas comunicações. O encerramento foi realizando com a celebração da missa.

Fonte: http://www.cnbb.org.br

Evangelho – Lc 10,13-16

Deixe um comentário

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas
Naquele tempo, disse Jesus: Ai de ti, Corazim! Aí de ti, Betsaida! Porque se em Tiro e Sidônia tivessem sido realizados os milagres que foram feitos no vosso meio, há muito tempo teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e sentando-se sobre cinzas. Pois bem: no dia do julgamento, Tiro e Sidônia terão uma sentença menos dura do que vós. Ai de ti, Cafarnaum! Serás elevada até o céu? Não, tu serás atirada no inferno. Quem vos escuta, a mim escuta; e quem vos rejeita, a mim despreza; mas quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou.
Palavra da Salvação.

São Jerônimo

Deixe um comentário

Neste último dia do mês da Bíblia, celebramos a memória do grande “tradutor e exegeta das Sagradas Escrituras”: São Jerônimo, presbítero e doutor da Igreja. Ele nasceu na Dalmácia em 340, e ficou conhecido como escritor, filósofo, teólogo, retórico, gramático, dialético, historiador, exegeta e doutor da Igreja. É de São Jerônimo a célebre frase: “Ignorar as Escrituras, é ignorar a Cristo”.
Com posse da herança dos pais, foi realizar sua vocação de amante dos estudos em Roma. Estando na “Cidade Eterna”, Jerônimo aproveitou para visitar as Catacumbas, onde contemplava as capelas e esforçava-se por decifrar os escritos nos túmulos dos mártires. Em Roma, Jerônimo teve um sonho que foi determinante para sua conversão: neste sonho, Jerônimo apresentava-se como cristão e era repreendido pelo próprio Cristo por estar faltando com a verdade (pois ainda não havia abraçado as Sagradas Escrituras, mas somente escritos pagãos). Cerca do fim desta permanência em Roma, Jerônimo recebeu o Batismo.
Após isso, iniciou os estudos teológicos e decidiu lançar-se numa peregrinação à Terra Santa, mas uma prolongada doença obrigou-o a permanecer em Antioquia. Enfastiado do mundo e desejoso de quietude e penitência, retirou-se para o deserto de Cálcida, com o propósito de seguir na vida eremítica. Ordenado sacerdote em 379, retirou-se para estudar, a fim de responder com a literatura às necessidades da época. Tendo estudado as línguas originais para melhor compreender as Escrituras, Jerônimo pôde, a pedido do Papa Dâmaso, traduzir com precisão a Bíblia para o latim (língua oficial da Igreja). Esta tradução recebeu o nome de Vulgata. Assim, com alegria e prazer se empenhou para enriquecer a Igreja universal.
Saiu de Roma, e foi viver definitivamente em Belém no ano de 386, onde permaneceu como monge penitente e estudioso, continuando as traduções bíblicas, até falecer em 420, aos 30 de setembro com, praticamente, 80 anos de idade. A Igreja declarou-o padroeiro de todos os que se dedicam ao estudo da Bíblia e fixou o “Dia da Bíblia” no mês do seu aniversário de morte, ou ainda, dia da posse da grande promessa bíblica: a Vida Eterna.

São Jerônimo, rogai por nós!

Os Santos Arcanjos

Deixe um comentário

Márcio Antônio Reiser, ofs

O catecismo da Igreja Católica nos diz que: “A existência dos seres espirituais, não corporais, que a sagrada escritura chama habitualmente de Anjos, é uma verdade de Fé”.
Santo Agostinho afirma que por todo o seu ser, os Anjos são servidores e mensageiros de Deus. No livro de São Mateus Lemos como o próprio Cristo afirmou que os Anjos contemplam “constantemente a face de meu Pai que está nos céus”. (Mt 18, 10)
O concílio ecumênico de Latrão definiu que Deus criou as coisas materiais e espirituais. O diabo e os outros espíritos malignos foram criados bons por Deus porém tornaram-se maus por si mesmos.
Antes de ter criado o homem, Deus criou os Santos Espíritos, os espíritos puros, isto é, não compostos de matéria, embora por vontade divina, possam às vezes apresentar-se aos homens sob formas corporais.
Nas sagradas escrituras encontramos os anjos agrupados em 9 corpos, a saber:
– Serafins, Querubins, Tronos, Dominações, Potestades, Virtudes, Principados, Arcanjos e os Anjos, que por sua vez constituem três hierarquias. A primeira é dos Serafins, Querubins e Tronos têm por missão servir perante o trono de Deus; Dominações, Potestades e Virtudes, que tem por missão servir no espaço da criação. E a terceira hierarquia: Principados, Arcanjos e Anjos, tem por missão o serviço junto a humanidade.

Miguel Arcanjo

Lemos no livro de Daniel que : “Surgirá Miguel, o grande príncipe, que guardará o teu povo” (Dn 12,1). São Miguel é honrado e invocado como guarda e protetor da igreja e também como guardião dos agonizantes.
São João, no livro do apocalipse, escreveu sobre uma grande batalha que houve no céu. Quando Miguel e seus anjos lutaram contra o Dragão e seus anjos, estes foram derrotados e não houve mais lugar para eles no céu (Ap, 12,7-8).

Rafael Arcanjo

Dentre os anjos que conforme a sagrada escritura, se revelaram aos homens como mensageiros de Deus e executores dos seus designos, destacamos o glorioso Arcanjo Rafael.
A sua principal missão no mundo foi a de guia dos homens, amparo e defesa contra todos os males corporais e espirituais que lhes possam ameaçar.
A missão maior do Arcanjo Rafael encontramos no livro de Tobias, nas escrituras sagradas: “Rafael = Deus Cura”.

Arcanjo Gabriel

Gabriel foi o embaixador do Senhor, enviado para levar e revelar os planos do Altíssimo, em primeiro lugar a Zacarias sobre a vinda do precursor do messias, e depois à Virgem Maria anunciando a vinda de Jesus e a encarnação em seu ventre virginal.
Também o profeta Daniel fez referência ao Arcanjo Gabriel, em dois momentos e em ambos como portador das revelações do Altíssimo.
É o Arcanjo da mais bela e importante saudação da história: “Ave Maria, cheia de Graça…”
A tradição Católica conservou e preservou a devoção aos (3) Arcanjos do antigo testamento e os consideram poderosos intercessores junto ao trono do Altíssimo.
Outros títulos e denominações de anjos que se referem a datas específicas e nomes, são pura invenção que não encontram legitimidade nas Escrituras Sagradas.

Older Entries